Sexta-feira, 22 de Junho de 2018

Este recado é pra você que está apressada; é pra você que está atrasado; pra você, querida amiga, que deseja fluir; pra você, meu irmão, que está on-line, preso no engarrafamento; pra você, minha cara, que tem anseios em se libertar das amarras do motor. Este recado é para tocar fundo em seu peito. O 10porHora tem o prazer de sussurrar esta canção em seu ouvido e escutar as batidas do seu coração.

Publicado em Recados do Coração

Este recado é pra você que está apressada; é pra você que está atrasado; pra você, querida amiga, que deseja fluir; pra você, meu irmão, que está on-line, preso no engarrafamento; pra você, minha cara, que tem anseios em se libertar das amarras do motor. Este recado é para tocar fundo em seu peito. O 10porHora tem o prazer de sussurrar esta canção em seu ouvido e escutar as batidas do seu coração.

Publicado em Recados do Coração
Segunda, 31 Março 2014 11:33

Recados do Coração - Lepo Lepo

Este recado é pra você que está apressada; é pra você que está atrasado; pra você, querida amiga, que deseja fluir; pra você, meu irmão, que está on-line, preso no engarrafamento; pra você, minha cara, que tem anseios em se libertar das amarras do motor. Este recado é para tocar fundo em seu peito. O 10porHora tem o prazer de sussurrar esta canção em seu ouvido e escutar as batidas do seu coração.

Publicado em Recados do Coração
Domingo, 23 Dezembro 2012 07:18

CARRO > MOTO > BICICLETA > PEDESTRE!

 

O respeito pelo outro anda em baixa na cabeça de todos no trânsito.  Quanto mais poder, menos aparentamos civilidade.  Motoristas agridem ciclistas que agridem pedestres.  Apesar da legislação deixar claro que é responsabilidade do mais forte proteger o mais fraco, o caos no trânsito é tão grande e a impotência das autoridades é tanta, que a todo momento vemos irregularidades e ações de alto potencial de acidentes.   E pior, aceitamos isso como normal.   Motoristas tiram finas em ciclistas, fazem "roubadinhas" - infrações pequenas, mas perigosas - todo o tempo.  Motociclistas sobem nas calçadas para fugir do trânsito, furam sinais, zig-zagueiam pelo meio do fluxo, tornando uma verdadeira tortura (ou pelo menos um difícil exercício de paciência!) qualquer deslocamento.   Ciclistas invadem calçadas e faixas de pedestres, como se fosse o direito dele deslocar-se nessas partes das vias públicas. 

Publicado em Mobilidade