Sábado, 24 de Junho de 2017

A ideia do Projeto 10 por Hora é contribuir de maneira prática para o encontro das pessoas com a velocidade ideal. Colocar o ato de pedalar como uma atividade lúdica e revolucionária. CONECTAR SUSTENTABILIDADE! Abaixo um pouco de cada um dos integrantes da equipe do Portal e do Espaço 10porhora, que fazem desse projeto (os) um sonho coletivo.

 

André Freitas

Graduado em Ciência da Computação; Articulador de Tecnologia da Informação (TI) no Projeto 10porhora e no Coletivo Palavra; integrante do MídiaLab - UNB; Skatista nas horas vagas,  sonha ver a bike mais presente no dia a dia e vislumbra descansar fazendo cicloturismos de finais de semana rumo a algumas cachús e outras belezas que nos rodeiam. Curioso da permacultura e da bioconstrução, se propõe a pensar e ajudar no desenvolvimento do "Espaço 10porhora".

 

 

 

 

Daniel Rezende

Graduando em administração pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); Articulador Administrativo e co-gestor do "Espaço 10 por Hora"; curioso e estudioso da Economia Solidária; Apaixonado pela terra, pelas cavalgadas ao lado do pai, mantêm a esperança de morar numa casinha bonita com 3 pés de limão na porta da cozinha e manter sua hortaliça orgânica. Tranquilo, valoriza viver respeitando seu tempo!

 

 

 

 

Diego Castro

 Sul mineiro de Três Pontas, Gestor do Projeto e Editor do Portal 10porhora, Agente Cultural e Articulador de Sustentabilidade e Colaboração Social do Coletivo Palavra, militante político do Grupo ELA; Gestor do Projeto "Coletivo Nosso"; Desistente da Publicidade e Propaganda... graduando em Direito, no Distrito Federal. Pesquisador dos “vícios e injustiças sociais legitimados pelo Poder Público", militante em Movimentos Sociais como: Apoiadores do Santuários dos Pajés, Comitê Popular da Copa do Mundo e outros. Sonhador... gosto de viajar nos pensamentos, deixar nascer palavras escritas, ora rimadas, outras não, ora contos, ora poemas e poesias, outras vezes matérias e hipertextos. 
Eterno Interactiano, pois foi naquele clube (mesmo hoje enxergando algumas diferenças ideológicas) que aprendi vários significados e valores, tendo o primeiro contato com realidades antes não pensadas e/ou sabidas (conhecendo muitos problemas sociais de uma cidade de pensamentos ruralistas, desigual, de pouco mais de 50mil habitantes), vivenciando a amizade e solidariedade. Um Militante e otimista por um mundo melhor, mais justo, feliz e equilibrado, com menos carros e mais bicicletas, mais desacelerado e humano!

 

Juliane Oliveira

Blogueira e jornalista, trabalha com comunicação comunitária em cidades do interior da Amazônia e desenvolve projetos de sustentabilidade em parceria com instituições nacionais. Milita por um jornalismo mais alternativo e humano.

 

 

 

 

Júlio Resende

Graduado em Turismo pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2005) e Mestre em Turismo e Meio Ambiente pela Universidade UNA (2008). Hoje, atua como Professor do Departamento de Serviços (Turismo, Eventos e Secretariado) do Instituto Federal do Mato Grosso (IFMT) e também da Faculdade de Administração (FAAD) da Universidade de Cuiabá, sendo membro do Núcleo Docente Estruturante. Trabalha como consultor em Gestão do Turismo, Hotelaria e Empresas Sustentáveis, além de ser co-gestor do Projeto 10 por Hora e da sala de aula virtual Bolinha de Gude. Palestrante dos temas Sustentabilidade, Educação, Física Quântica, Empresas Sustentáveis, Planejamento Estratégico e Gestão do Turismo.

 


 

Luiza Rossi

Articuladora de Áudio Visual do Projeto 10porhora; Cientista social pela UnB, é também estudante e entusiasta de Audiovisual, por onde aventura-se  principalmente através de roteiro, montagem e ideias criativas. Foi Articuladora de Audiovisual no Coletivo Palavra, onde hoje atua como Colaboradora. Atualmente, trabalha com edição de vídeos de forma independente, junto ao Projeto 10porhora, e com o Núcleo de Estudos em Bioética e Diplomacia em Saúde/Fiocruz. Em 2012, abandonou o carro pela bici e fez sua primeira viagem cicloturística com amigos 10porhora, e então tudo começou...! 

 

 

 

Renato Moll

Acredita que ao comunicar sua perspectiva de transformação, colabora para fomentar posturas equilibradas, trabalhos coletivos, abertos, relações fluidas e harmônicas. Dedica-se para compor redes que estimulem o compartilhamento de conhecimentos, a expressão artística, o engajamento político e as lutas sociais, a permacultura e demais movimentos que trabalhem para reduzir a velocidade das buscas por lucros financeiros a todo custo. renatomoll.com.br